• Alves Lima

Corretor: como escolher um nicho de mercado veja aqui

Você já se perguntou se está no ramo imobiliário certo? São diversas opções e isso pode deixar muitos corretores indecisos. A verdade é que para escolher o setor em que pode se dar melhor, precisa analisar bem e pensar sobre alguns aspectos. Veja aqui como escolher um nicho no mercado de imóveis.


O que é nicho de clientes e por que escolher um?


Você já deve saber que existem diversos tipos de imóveis no mercado, com preços, acabamentos e particularidades diferentes. Escolher um desses setores para atuar é importante, pois assim poderá padronizar o atendimento, marketing e estratégias de venda.


Para exemplificar melhor, podemos separar os nichos de atuação por:

  • Compra e venda;

  • Lançamentos;

  • Locação;

  • Comerciais/corporativos;

  • Localização;

  • Vistorias e avaliação.


Além disso, também podemos classificar por padrão do imóvel, dividindo por:

  • Alto padrão;

  • Médio padrão;

  • Baixo padrão.


Encontrar o nicho ideal fará com que você consiga guiar seus esforços para um processo único e direcionado, por isso, acaba sendo mais otimizado. Além disso, não podemos esquecer que você pode se tornar um especialista na sua área, conseguindo mais autoridade e indicações de seus clientes.


Quando você atende diversos mercados simultaneamente pode acabar não conseguindo atender nenhum com a excelência necessária.


Já quando você escolhe um nicho específico, tem mais oportunidade de conhecer e fidelizar clientes, segmentar seus esforços de venda e se diferenciar dos seus colegas concorrentes.


Como escolher um nicho específico para atuar?


Com qual público você mais se identifica e se conecta?


Muitas vezes é importante escolher um nicho com o qual você já tenha afinidade, pois assim, será mais fácil de lidar com novos clientes, crises e até ter argumentos certeiros e convincentes.


Estudar um pouco sobre público-alvo é de extrema importância para definir com qual deles você tem mais afinidade.

Caso seja mais difícil encontrar o público-alvo pensando nas pessoas que farão parte dele, pense sobre o tipo de imóvel no qual essas pessoas se encaixam.


Por exemplo, você se sente melhor apresentando imóveis de alto padrão, nas melhores localizações da cidade, ou prefere trabalhar com imóveis mais simples e de menor valor? Pensar sobre isso também pode ser importante, afinal, trabalhar com o que admira faz da sua rotina muito mais tranquila e recompensadora.


Além disso, também é importante saber sobre o que fala, estudar a respeito e conversar com o público da maneira ideal.

A forma que se veste, fala ou se porta será importante para o atendimento do nicho escolhido, portanto, também leve isso em conta.


Estude o mercado


O mercado possui muitos nichos diferentes, mas também possui muitas diferenças entre os imóveis, por exemplo, em volume, preços e lucratividade.


Estudar o mercado, na verdade, já deve fazer parte da rotina de corretores de imóveis, por isso, aproveite essa sua característica para analisar melhor as oportunidades.


Por exemplo, você pode mapear uma persona ou público alvo.


Por que mapear uma persona?


A persona é um personagem fictício em que você mapeia diversas especificidades que ajudarão nas tratativas, locais onde encontrar, salário e em diversas outras características.


Além de trazer dados como gênero, renda, idade, profissão, estado civil e região do país, você consegue especificar mais ainda. Assim, pode mapear redes sociais acessadas, locais que frequenta na cidade, grau de educação, gostos pessoais, ambições, dores e problemas que enfrenta no dia a dia.


Mapeando mais detalhadamente, você pode entender melhor sobre os comportamentos, por exemplo, locais onde encontrá-la e como se comunicar com ela.


Analisando os dados de mercado, por exemplo, sabendo qual tipo de pessoa mais busca imóveis, tamanhos da família, bairros para onde estão migrando, ou desejos da população, pode ser importante para definir qual o melhor nicho para você.


Entenda como funciona a monetização de cada nicho


Tente compreender como você poderá lucrar nesses nichos, afinal, a venda de imóvel de luxo difere de uma locação ou venda na planta, por exemplo.


Além de analisar como você pode lucrar com esses nichos, não esqueça de verificar como funciona o processo de venda.

Por exemplo, um imóvel de luxo pode trazer uma comissão mais alta, no entanto, vai precisar de muita atenção com o cliente e o volume de vendas pode ser menor.


Quantidade não é qualidade


Nem sempre o mercado com mais demanda é o melhor para trabalhar. Por isso, não adianta abrir os olhos apenas para ele. Entenda qual o tipo de perfil dos compradores, dos imóveis e como poderia se sair no mercado.


Além disso, não deixe de observar a concorrência. Afinal, quando tem muita concorrência em um mercado fechado, as coisas podem ser difíceis.


Compare remuneração x trabalho x qualidade de vida


Trabalhar em um nicho que traga mais lucro também nem sempre é o que traz mais qualidade de vida. Afinal, não adianta ganhar muito dinheiro se você não tiver um tempo para gastar consigo mesmo ou com a família.


Não dormir bem pensando que vai encontrar um cliente no dia seguinte ou viver atolado em dívidas porque os imóveis não são fáceis de vender, também pode ser muito complicado.


Lembrando que corretores ganham por comissão, por isso, também é importante avaliar os ganhos para cada categoria de imóvel.

Essas são as dicas para te ajudar a escolher um nicho de clientes no mercado de imóveis. Aqui na Alves Lima, temos imóveis de altíssima qualidade e que podem te ajudar a ser o corretor que sempre sonhou. Clique para saber como você pode ser um corretor parceiro.


6 visualizações0 comentário