• Alves Lima

Investir em imóveis: principais passos para se organizar e realizar seu sonho em 2022

Atualizado: 17 de mar.

Pensa em investir em imóveis, mas não sabe por onde começar?


Confira o passo a passo para um investimento seguro.

Está procurando investir para que seu dinheiro trabalhe por você? Se você chegou a este artigo é porque provavelmente já ouviu falar como investir em imóveis é algo concreto e seguro.


Seja para morar, alugar ou vender, investir em imóveis é sempre uma opção rentável. Leia este artigo até o fim e entenda como investir no mercado imobiliário de forma lucrativa.


Investir em imóveis é um bom negócio?


A grande diferença do mercado imobiliário para outros tipos de investimento é a estabilidade. Ao contrário de outros investimentos, imóveis costumam driblar a desvalorização e superar a inflação por anos.


Além disso, em momentos de crise econômica, o mercado imobiliário mantém sua solidez e resiliência frente a instabilidade financeira, representando um investimento seguro e concreto.


Por exemplo, apesar das crises sofridas nos últimos 2 anos devido à pandemia da Covid-19, o setor imobiliário se mantém firme e rentável.


Por que investir em imóveis?


Se você ainda não está convencido de que o mercado imobiliário é um investimento seguro e certeiro, confira 4 motivos que irão lhe convencer:


1. Segurança


O mercado imobiliário se trata de um investimento concreto e seguro. Quando se investe em imóveis, seu dinheiro não se encontra em uma conta-corrente, podendo ser impactado por crises financeiras e falências de instituições bancárias.

Na verdade, o seu dinheiro vai estar empreendido de forma física e estável.


2. Potencial de valorização


São inúmeras as formas de valorizar um imóvel, como:

  • Infraestrutura do bairro;

  • Crescimento comercial do entorno;

  • Melhora na segurança;

  • Construção de linhas de ônibus e metrô, e muito mais.

Além disso, existem as melhorias que você mesmo pode construir, como reformas, conservação e acabamento.


Sem contar que o Brasil passa por um déficit habitacional considerável, ou seja, o crescimento populacional demanda maior procura por residências. O que, consequentemente, valoriza o mercado imobiliário.


3. Renda Extra


Ser proprietário de um imóvel alugado é uma forma de pôr o seu dinheiro para trabalhar para você. Em muitos casos, essa é a principal renda econômica de muitos empresários que se dedicam ao ramo.


Um imóvel alugado pode representar uma renda extra ou até mesmo uma aposentadoria, tendo em vista que, ultimamente, as pessoas estão priorizando alugar um espaço do que comprar um de fato.


4. Variedade de Investimentos


Se você é um investidor, sabe como é importante a diversidade de investimento na sua cartela. Mesmo que você aplique na bolsa de valores através de fundos imobiliários, vale a pena dedicar parte do seu patrimônio e investir em um imóvel de forma concreta.


3 passos para começar a investir em imóveis


1. Encontre seu perfil de investidor


Para chegar ao seu perfil de investidor, você precisa conhecer muito bem suas prioridades, metas futuras e patrimônio. Não existe caminho errado, apenas aquele que faz mais sentido para o seu contexto.


Se você pretende comprar o primeiro apartamento, precisa pensar se deseja ter filhos, se precisa morar perto do trabalho ou se não abre mão de uma área de lazer.

Por outro lado, se o seu objetivo for comprar um imóvel para obter uma renda extra, você precisa procurar um lugar com alto potencial de valorização.


2. Estude o mercado imobiliário


O primeiro passo antes de tomar qualquer decisão referente ao mercado imobiliário é entender a Taxa Selic (Taxa Básica de Juros da economia brasileira) e também o INCC (Índice Nacional de Custo de Construção), pois são os principais indicadores de inflação na construção civil.


Outra coisa que você deve considerar é a forma que vai adquirir seu novo imóvel. Será através de um financiamento, consórcio, com entrada ou totalmente à vista? Cada caminho que você escolher seguir deve impactar diretamente na sua organização financeira.


3. Defina o tipo de imóvel que irá investir


Qual tipo de imóvel você pensa em investir? A depender da sua realidade financeira alguns modelos valem mais a pena do que outros. Confira:


  • Terreno

Esta é uma opção de investimento para quem não tem pressa. Ao comprar um terreno, você tem tempo para construir uma propriedade personalizada. Por outro lado, o espaço pode valorizar com o tempo para você vender de forma vantajosa.


  • Imóvel na planta

Comprar um imóvel na planta representa um preço mais acessível. Além disso, você ganha tempo para se organizar financeiramente durante a obra.

Neste caso, a compra é feita diretamente com a construtora, já a entrega das chaves e quitação do imóvel é realizada através do financiamento imobiliário.


  • Imóvel usado

Se você possui pressa em morar ou alugar seu imóvel, comprar um já construído ou até mesmo usado é o melhor caminho. No entanto, você deve se atentar ao estado de conservação da propriedade e pôr na ponta do lápis as melhorias que pretende fazer na estrutura.


  • Sala Comercial

Imóveis comerciais, se bem localizados, podem ter um valor de aluguel até maior que residências. Inclusive, uma propriedade comum pode se transformar em um ponto comercial, seja na garagem ou em um cômodo à parte.


Conte com a Alves Lima


Profissionais qualificados são essenciais para lhe guiar para qualquer investimento seguro.


Seja para comprar ou alugar, conte com a ajuda da Alves Lima. Acesse nosso site e confira nossas inúmeras opções de imóveis de luxo em Fortaleza.

33 visualizações0 comentário